O coletivo Meninas Black Power problematiza a questão do cabelo crespo e todas as suas implicações

O coletivo Meninas Black Power problematiza a questão do cabelo crespo e todas as suas implicações

As meninas dizem que ainda há muita luta pela frente, mas elas estão dispostas a enfrentar

As meninas dizem que ainda há muita luta pela frente, mas elas estão dispostas a enfrentar

Prev Next

Um novembro para encrespar a consciência

Meninas de três estados do Brasil se reuniram através das redes sociais e formaram o coletivo Meninas Black Power para discutir as formas de combater o racismo. No dia 28 de novembro elas promovem o evento Encrespando a Consciência, com oficinas lúdicas e atividades educativas sobre o tema. 

Karina Vieira | Magalhães Bastos | RJ

Literatura que usa a favela como cenário

Estudantes da Mangueira aproveitaram a 3a edição da (Flupp). Os menores participaram de oficinas de desenho e contação de histórias. Já os adolescentes conversaram com os escritores Otávio Junior e Jessé Andarilho, que escrevem livros ambientados em favelas.

Raphael Khaleb e Sol Mendonça | Mangueira | RJ

Rocinha vive rotina da violência

Na semana em que completa três anos de ocupação, a Rocinha continua vivendo o terror da violência. O correspondente comunitário e morador da Rocinha, William de Oliveira, faz um relato contundente sobre como os moradores estão atravessando este período na favela. 

William de Oliveira | Redação Viva Favela | RJ

Campanha expõe homicídio de jovens negros

A Anistia Internacional lançou no último final de semana, no Aterro do Flamengo, a campanha "Jovem Negro Vivo", que problematiza os mais de 30 mil homicídios de jovens que acontecem anualmente no Brasil. Deste número, 77% são negros. 

Debora Pio | Redação Viva Favela | RJ

Roda de samba resgata patrimônio de Madureira

O Pagode da Tia Doca funcionava, em Madureira, nos anos 1980, no quintal da casa da pastora e chegou a receber altos nomes do samba, como Clara Nunes. Hoje, o filho de Doca, Nem, comanda o projeto “Ouvindo e Cantando Samba no Acústico”, resgatando as raízes do evento criado por sua mãe.

Raphael Khaleb e Thais Mara | Morro do Fubá | RJ

Na Rampa da Paz, medo vira liberdade

Criada após uma chacina na favela, há dois anos, a Rampa da Paz, no Morro da Chatuba, é hoje um espaço voltado para a experimentação da liberdade. Além de atrair os praticantes de parapente e asa-delta, acabou gerando uma parceria entre as prefeituras de Nilópolis e Mesquita.

Andressa Cabral | Redação Viva Favela | RJ

Cidade de Deus busca adesão à moeda social

A Cidade de Deus foi a primeira favela do Rio a ganhar uma moeda social própria, a CDD, criada em 2011, para fortalecer o comércio local. As cédulas de 0,50 CDD; 1 CDD; 2 CDD; 5 CDD e 10 CDD estampam moradores ilustres, como Dona Benta, 82 anos. No início, houve interesse de consumidores e comerciantes, que viam benefícios em utilizar o dinheiro comunitário. Mas hoje a moeda social é pouco usada.

Deborah Athila | Redação Viva Favela | RJ

Caju promove Dia Rosa pela saúde da mulher

Outubro é o mês mundial de conscientização para a prevenção de câncer de mama e de colo de útero. No Caju, o Dia Rosa (11 de outubro), foi totalmente dedicado à saúde e à beleza femininas. A festa começou com um café da manhã para as participantes. Na posto de saúde da família, 180 mulheres fizeram exames e, ao longo do dia, receberam tratamentos para cabelo, unhas e pele.

Clarisse Werneck e Ricardo Costa | Caju | RJ

Projeto faz Vidigal refletir sobre alimentação

Ervas medicinais e outros temperos plantados em um lugar nada convencional. No Morro do Vidigal, o "Teto Verde Medicinal" trouxe para o ponto das kombis um telhado onde são cultivados boldo-do-chile e trapoeraba, que também podem ser consumidas pelos moradores. O trabalho, além de sustentável, ainda contribui para o bem-estar da comunidade. 

Aluízio Peçanha | Vidigal | RJ

Viva Rio

Ensaios

Trilhando o cotidiano

Trilhando o cotidiano. Por Rodolfo Menezes.

Vídeos

Caravana Viva Favela na Cidade de Deus

A Caravana Viva Favela movimentou a Cidade de Deus com muitas brincadeiras, dança, música e pipoca.

Revista

#20 Sustentabilidade

Editora convidada: Liana Melo

Blogs

Login