O ConstruCard 2022 trata-se de uma medida de crédito referente ao Governo Federal Brasileiro por meio da Caixa Econômica, onde os brasileiros podem recorrer e consequentemente acessar a tão sonhada reforma ou construção de sua moradia.

Deseja saber um pouco mais sobre o ConstruCard, desde como funciona, juros, simulador e relação com o FGTS. Não perca nenhum detalhe e, ao final chegue à conclusão se o ConstruCard vale ou não a pena!

ConstruCard Caixa

Resumidamente, a Caixa Econômica Federal é a grande responsável por gerenciar tudo o que envolve o ConstruCard que trata-se basicamente de uma linha de crédito direcionada para o ramo imobiliário, seja para a construção ou ainda para a reforma de apartamentos ou casas convencionais.

ConstruCard 2022

ConstruCard 2022

Contudo, apenas algumas famílias podem de fato acessar tal possibilidade e isso precisa ficar bem claro de início. Logo o financiamento analisa previamente cada requerente para definir se aceita ou não a liberação de crédito.

Além do mais, o ConstruCard é ofertado similarmente para diferentes tipos de reformas, desde pinturas como também para acabamentos. Para tanto, o ConstruCard é uma excelente saída para quem já possui um terreno eu seu nome porém não dispõe de verba suficiente para construir.

Leia Ainda:

Como Funciona o ConstruCard

O ConstruCard é bastante prático, embora existam especificidades que precisem ser levadas em consideração pelo requerente de maneira antecipada.

Inicialmente, evidenciamos que o limite de crédito é bastante variável, podendo alcançar de entre R$ 1.000,00 e R$ 180.000,00. Todavia, entenda que esse limite fica relativamente abaixo do é possível obter em bancos em casos diversos.

A propósito, o valor desejado precisa ser pré aprovado para que você consiga achegar até o resultado desejado. Além do mais, outro ponto notório é que a Caixa Econômica Federal oferece uma série de condições especiais de empréstimos aos correntistas, sobretudo nas garantias, facilitando a aceitação.

Indo mais além, é preciso deixar bem claro que apenas algumas lojas são parceiras do ConstruCard, podendo gerar uma certa dor de cabeça para o comprador.

No demais, toda a mão de obra fica por conta da contratação do solicitante, tendo em vista que a Caixa Econômica não envolve-se nesta decisão.

Sendo assim, tenha cautela no momento de decidir ser irá ou não utilizar-se do ConstruCard na reforma ou construção de sua casa!

Confira Também:

ConstruCard Vale a Pena?

A escolha da utilização do ConstruCard deve ser firmada pelos pontos positivos e negativos apresentados pelo próprio programa do Governo Federal. Isso ocorre porque não é em todos os casos o ConstruCard realmente vale a pena.

Todavia, parte majoritária de quem utilizou aprova os resultados ao curto e ao longo prazo, sobretudo pelas facilidades que esse cartão proporciona aos usuários.

Tendo em vista que as questões englobadas por essa temática são complexas, elencamos os prós e contras para que você compare e tire suas próprias conclusões:

Prós

  • Prazo;
  • Facilidade;
  • Diferenciais;
  • Otimização.

Contras

  • Limite de crédito;
  • Juros;
  • Lojas parceiras;
  • Mão de obra.

Cartão ConstruCard

Assim como no cartão reforma 2022, o cartão ConstruCard dos detalhes mais notórios dentro do assunto que envolve o assunto, pois ele funciona basicamente como um cartão de crédito convencional. Porém a organização das compras fica por conta apenas do beneficiário, fazendo com o que o mesmo precise estar regrado em função de seu limite de crédito pré aprovado.

Além do mais esse cartão somente é aceito em algumas lojas específicas e parceiras tanto do Governo Federal quanto da Caixa Econômica. Por mais que isso pareça um empecilho e realmente seja, nas lojas onde você pode comprar será possível ter as melhores condições.

No demais, leve em conta que para solicitar o seu cartão ConstruCard será imprescindível ter pelo menos 18 anos ou responder como maior emancipado, dispor de uma conta corrente na Caixa Econômica Federal, ser aprovado em todos os níveis pelo banco.

A partir daí, a atualização do cartão será bastante prática. Contudo, entenda que você terá que aguardar o mesmo ser emitido pela Caixa antes de iniciar suas compras.

Não Deixe de Ler:

Juros ConstruCard

Em síntese, os juros do ConstruCard são intermediários porém podem ser ineficientes para algumas pessoas em situações específicas.

Aliás, o crédito fará a liberação do crédito somete após averiguar que terá garantias pertinentes seja como carros, imóveis ou outros bens similares.

Sem mais delongas, na contemporaneidade os juros do ConstruCard são de exatos 2,5% por mês, o que pode ser bastante expressivo ao longo prazo. Lembre-se disto antes de sua decisão final!

ConstruCard FGTS

Muito se fala sobre o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e sua relação com o ConstruCard. Isto se dá por conta de alguns boatos quanto à possibilidade de uso deste recurso pelo ConstruCard como ocorre em outras concessões de crédito pela Caixa Econômica Federal.

Mas a verdade é que este cartão não pode ser aplicado em harmonia com esse benefício comum aos trabalhadores brasileiros. Por outro lado, o FGTS pode ser utilizado para amortizar demais dívidas de financiamentos de natureza habitacional ou similares.

No entanto, outras regras precisam ser seguidas. Veja quais são:

  • Ser o titular do financiamento;
  • Não dispor de outro imóvel em seu nome em área urbana;
  • Ter trabalhado no regime do Fundo de Garantia por Tempo de Contribuição por, pelo menos, três anos completos;
  • Etc.

Simulador ConstruCard

O simulador Caixa ConstruCard é a forma mais rápida e prática de visualização com substancialidade sobre quais os valores que podem ser liberados em seu nome em harmonia com as parcelas que podem ser acessadas. Veja como funciona:

  1. Acesse o site do Simulador ConstruCard da Caixa Econômica: https://www.caixa.gov.br/;
  2. Indique se você é pessoa física ou pessoa jurídica;
  3. Posteriormente, opte por “Residencial”;
  4. Agora, indique o campo “Material de Construção”;
  5. Na próxima etapa, defina o seu estado e município;
  6. Informe, neste momento, o valor do imóvel de maneira aproximada;
  7. Diga com descrição qual a tenda dos membros da família que moram na mesma residência, caso sejam assalariados e suas respectivas datas de nascimento;
  8. Siga em “Avançar”;
  9. Por fim, mencione se você é ou não correntista da Caixa para acessar o valor com o respectivo acréscimo de juros;
  10. Ao completas tais passos, você terá a oportunidade de visualizar qual o seu limite de crédito e a quantidade de parcelas que precisará contribuir posteriormente.
5/5 - (1 vote)
Categorias: Benefícios

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.