O Cadastro de Pessoa Física (CPF) é um dos documentos mais importantes para os brasileiros, já que está relacionado com uma série de cadastros secundários. Sendo assim, aprender a imprimir o CPF torna-se obrigatório.

Acompanhe este artigo e descubra tudo o que você precisa saber quanto a impressão deste documento em diferentes situações. Saiba mais!

Imprimir CPF 2022

Imprimir CPF 2022

Como Imprimir CPF pela Internet

É verdade que ter o CPF impresso pode facilitar bastante seu atendimento ou cadastro em locais físicos, seja em agências bancárias ou sistemas do governo.

A partir dele você consegue acessar incontáveis benefícios, inclusive o atual auxílio emergencial referente à pandemia de covid-19.

Ter a segunda via do CPF é necessário para quem perdeu o documento ou foi roubado. Para além disso, imprimir o CPF pela internet não possui muitos segredos e o processo pode ser feito através do portal da própria Receita Federal.

O sistema funciona 24 horas por dia, até mesmo aos finais de semana e feriados. Caso prefira, também será possível optar por realizar o processo pelo aplicativo da Receita Federal ou por meio da página do E-CAC em seu atendimento virtual.

Em ambos os casos o processo é gratuito e rápido. Contudo, há a obrigatoriedade de ter em mãos todos os documentos e dados obrigatórios para o preenchimento do formulário. Atente-se:

  • Nome completo do requerente;
  • Nome materno completo;
  • Data de nascimento;
  • Comprovante de endereço;
  • RG atualizado;
  • Certidão de nascimento;
  • RG do responsável legal (excepcionalmente para menores de 16 anos).

Dando sequência ao processo de emissão, verifique a seguir, o passo a passo completo para imprimir seu CPF online:

Imprimir CPF pela página da Receita Federal

  1. Acesse o site https://www.gov.br/receitafederal/pt-br;
  2. Procure no menu principal pela página de reimpressão;
  3. Neste setor, clique em “Comprovante de Inscrição da 2ª via do CPF”;
  4. Vá até a página destinada pelo link;
  5. Informe todos os dados solicitados e realize o procedimento de segurança clicando em “Não sou um robô”;
  6. Posteriormente, clique em “Imprimir CPF”.

Imprimir CPF pelo portal do E-CAC

  1. Acesse o portal E-CAC através do link: https://cav.receita.fazenda.gov.br/autenticacao/login;
  2. Opte pela opção “Atendimento Virtual”;
  3. Realize o login e clique em “Avançar”;
  4. Se você já possuir CPF, o sistema irá reconhecer automaticamente e irá preparar uma guia para ser impressa;
  5. Verifique se todos os dados estão corretos e clique em imprimir.

Imprimir CPF pelo aplicativo da Receita Federal

  1. Procure pelo aplicativo oficial da Receita Federal na loja de aplicativos do seu smartphone (Google Play Store ou Apple Store);
  2. Faça o download gratuito e abra o app. Lembre-se que ele também poderá ser acessado via tablet, contanto que o sistema operacional seja Android ou iOS;
  3. Selecione a opção “CPF Digital” e confira se todas as opções estão corretas;
  4. Clique em “Próximo” e faça a prova de vida tirando uma selfie seguindo todos os passos indicados pelo sistema;
  5. E pronto, basta baixar o arquivo para o seu e-mail ou pen drive e imprimir na sequência.

Tome nota: é indicado ter sempre a versão impressa e a digital sempre à mão para que você possa ter mais de uma opção quando for necessário informar seu CPF, otimizando assim seu tempo e gerando segurança aos dados.

Imprimir CPF de contribuinte que nunca fez a declaração IRPF

De fato, quem não entregou o imposto de renda devidamente neste ano poderá ter problemas em seu status do CPF, pois o mesmo será alterado.

Contudo, essa ação somente ocorrerá para com quem deve contribuir e deixou de fazê-lo. Logo, todas as pessoas que não forem obrigadas a realizar a declaração IRPF continuarão com o documento nos conformes e se você é uma delas, não há com o que se preocupar!

Sempre que o CPF ficar pendente de regularização, deve-se tomar as medidas cabíveis o quanto antes para evitar qualquer problema futuro, bem como a perda de benefícios importantes, são exemplos:

  • Impedimento para tirar passaporte;
  • Dificuldades para vender ou alugar imóveis pela certidão estar negativada;
  • Auxílios do Governo Federa;
  • Participação negada em concursos públicos.

Como regularizar o CPF

A regularização do CPF irá depender da conclusão da declaração do Imposto de Renda que ficou faltando, então se você perdeu o prazo, garanta o quanto antes de finalizar o processo, pagando todas as multas geradas.

Lembre-se de procurar pelo programa adequado do imposto de renda e assegurar que todas as informações estão dispostas assertivamente.

Como saber se o CPF está regular

Passada a etapa anterior, o restante será bastante rápido e prático. Basta que você fique atento ao seu status do CPF.

Para uma melhor visualização, opte pela versão digital do documento. Saiba como prosseguir com nosso passo a passo:

  1. Acesse a loja de aplicativos de seu smartphone e busque pelo app “CPF Digital”;
  2. Baixe o app e abra em seu dispositivo;
  3. Realize um login e informe a numeração de seu CPF;
  4. Selecione o campo “Detalhar” e verifique o status do seu documento.

Também será possível consultar a situação do seu CPF através da página da Receita Federal ou pelo portal E-CAC. Escolha a opção mais adequada e não perca tempo!

Imprimir CPF de Contribuinte que já apresentou declaração do IRPF

Depois de apresentar devidamente a declaração do IRPF, você precisará imprimir uma nova via do CPF e para isso você poderá seguir os mesmos passos que descrevemos anteriormente.

Quanto ao documento digital não haverá problemas secundários já que ele é atualizado pelo próprio sistema. Lembre-se disso!

Ademais, preste atenção quanto a outras obrigações que englobam esse documento em relação a declaração do imposto de renda, assim como a necessidade de incluir os dependentes em sua declaração anual, sendo que tais indivíduos devam contar com o Cadastro de Pessoa Física ativo independentemente da idade.

Como consultar o CPF sem ter o número

Por incrível que pareça, há muitos brasileiros que perdem o CPF e não se lembram da numeração, porém se tratando de um documento tanto importante e comum no dia a dia de cada cidadão, muitas dúvidas surgem acerca deste respeito.

No entanto, saiba que não há o que temer e sempre existirá uma ação cabível nestes casos, seja para reestabelecer seu documento ou obter uma nova guia.

Perder o documento em si não trará risco algum ao indivíduo, já que o CPF depende de outras informações para ser utilizado em bancos e em órgãos públicos.

Contudo, é preciso ficar de olhos bem atentos quanto ao status do mesmo, já que ele precisa estar sempre ativo, por isso sempre consulte pelo site da Receita Federal ou obtenha a versão digital pelo aplicativo “CPF Digital”.

Agora se, como foi levantado acima, você perdeu o documento e não se lembra da numeração para recuperá-lo, será obrigatório ir pessoalmente até uma agência da Receita Federal. Entenda como prosseguir:

  1. Acesse o site da Receita Federal ou baixe o aplicativo oficial deste órgão administrativo;
  2. Faça um login e selecione “Atendimento presencial”;
  3. Coloque seu site na plataforma e descubra o endereço a unidade de atendimento mais próxima de sua residência;
  4. Marque uma data e horário para comparecer ao local;
  5. No dia, dirigia-se ao endereço em questão munido de seu RG ou CNH originais, comprovante de endereço e certidão de nascimento ou casamento;
  6. Solicite uma nova guia do seu CPF e pronto!

Como Tirar CPF

Se você chegou até a este ponto do artigo é bastante provável que ainda não tenha tirado a primeira via do CPF e por isso nós elaboramos este tópico final que fará com que você descubra exatamente como fazer o seu Cadastro de Pessoa Física.

A Receita Federal disponibiliza através de seu site uma série de vantagens a quem precisa tirar o CPF, sendo também o local mais seguro e prático para tal ação.

Vale destacar que o processo é 100% gratuito e qualquer pessoa pode realiza-lo sem maiores problemas. Descubra como:

  1. Pesquise no Google pelo site da Receita Federal ou clique no link direto: https://www.gov.br/receitafederal/pt-br;
  2. Aguarde a página carregar e clique em “Entrar” no canto superior direito;
  3. Caso seja o seu primeiro acesso, será obrigatório realizar um cadastro prévio com seus dados e documentos pessoais;
  4. Escolha uma senha segura e faça os demais passos do cadastro;
  5. Após concluir essa etapa, retorne à página inicial e confirme o login.
  6. Selecione o campo “CPF” e depois clique em “Inscrição 1ª via CPF Brasileiros Residentes no Brasil”;
  7. Cline na opção “Pessoas de 16 a 25 anos que possuam Título de Eleitor regular”;
  8. Você será redirecionado para um formulário online onde deverá incluir todos os dados solicitados para que, na sequência, o sistema possa avaliar e gerar sua primeira via do documento;
  9. Garanta que todas as informações dispostas estão corretas e clique em “Enviar”;
  10. E pronto, você terá concluído todas as etapas para tirar seu CPF!

Observação: A Receita Federal também aceita a solicitação deste documento pelo e-mail atendimentorfb.04@rfb.gov.br, que deverá conter o requerimento no título “1ª via CPF” e seus demais documentos de identificação escaneados. Entenda que o sistema processará as informações somente em dias úteis durante o horário comercial, ou seja, de segunda até sexta feira das 08:00 h às 17:00 h.

Avalie este artigo!
Categorias: Documentos

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.