É essencial conhecer como funciona o extrato previdenciário, pois é através dele que você registra todos os dados trabalhistas e, é claro, suas informações previdenciárias.

A consulta, por sua vez, pode ser feita pelo Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Porém esse assunto costuma gerar uma série de dúvidas aos segurados da Tabela INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Sabendo disto, preparamos um guia completo sobre o Extrato Previdenciário para que você compreenda o assunto de maneira integral e tire qualquer dúvida que possa surgir. Confira!

Extrato Previdenciário

Extrato Previdenciário

O que é Extrato Previdenciário e para que serve?

O extrato previdenciário, também chamado de extrato do CNIS, refere-se especificamente às ações trabalhistas e previdenciárias de cada trabalhador brasileiro.

Ambos os dados são sempre direcionados ao Cadastro de Pessoa Física (CPF) de cada indivíduo, uma vez que cada valor será utilizado posteriormente no cálculo de aposentadoria do mesmo, em qualquer modalidade: aposentadoria especial, aposentadoria por invalidez, aposentadoria por tempo de contribuição ou aposentadoria por idade.

Assim, as informações contidas no Cadastro Nacional de Informações Sociais precisam estar sempre atualizadas, já que as mesmas também serão empregadas no cálculo de demais outros benefícios de cunho previdenciário.

No demais, o extrato CNIS serve para comprovar tanto os registros de trabalho do colaborador individual ou facultativo quanto também possui os seguintes enfoques:

  • Relacionar os valores recebidos depois de julho de 1994;
  • Demonstrar o tempo de contribuição;
  • Evidenciar a média do período carência que é seu por direito;
  • Mostrar a data do primeiro registro do trabalhador em questão na Previdência Social;
  • Ordenar todos os benefícios previdenciários que você recebeu por data (diferentes tipos de aposentadoria, auxílio doença, auxílio acidente, etc.).

Informações presentes nos Extrato Previdenciário

Primeiramente, você precisa ter em mente quais os dados que constam no Cadastro Nacional de Informações Sociais. São os principais:

  • Informações de vínculos empregatícios desde o ano base de 1976;
  • Remunerações de todos os meses após o anos de 1990;
  • Tempo de contribuição;
  • Contribuições individuais recolhidas desde o ano de 1979;
  • Etc.

Obs.: é necessário evidenciar que mesmo estes dados estando disponibilizados no Guia da Previdência Social (GPS), que pode ser encontrado no site do INSS através de seu perfil, somente o extrato previdenciário reunirá todas as informações.

Como tirar o Extrato Previdenciário CNIS

Depois de todas essas informações não restam dúvidas sobre a importância desse documento, concorda? Assim sendo, consulta-lo torna-se fundamental, especialmente para quem precisa averiguar os dados presentes no documento.

Há incontáveis formas de tirar o extrato previdenciário CNIS, basta que você escolha uma opção que melhor se adeque ao seu perfil: agência do INSS, pela internet, pelo aplicativo, via bancos afiliados ou por meio de uma ligação telefônica. Acompanhe todos os passos:

Extrato Previdenciário CNIS pela agência do INSS

O extrato previdenciário pode ser acessado diretamente via qualquer agência do INSS, porém será obrigatório que o segurado faça um agendamento prévio. Entenda:

Como Tirar o Extrato Previdenciário

Como Tirar o Extrato Previdenciário

Faça uma ligação gratuita para o telefone 135 e informe ao atendente a necessidade de se deslocar até uma agência do INSS para realizar o processo pessoalmente;

  1. Escolha um endereço, horário e data para comparecer e finalize o procedimento;
  2. Em suma, o processo também poderá ser efetuado por meio do site oficial do INSS: https://www.gov.br/inss/pt-br;
  3. Lá você precisará fazer um login prévio e ao adentrar no portal, selecione “Agendamentos/Solicitações”;
  4. Posteriormente, clique em “Novo Requerimento”;
  5. Agende um local e faça a solicitação de seu Extrato Previdenciário CNIS.

Extrato Previdenciário CNIS pela internet (portal Meu INSS)

Apesar de haver essa possibilidade de acesso em uma agencia física, não se trata do meio mais indicado pelo INSS. Já que todo o procedimento pode ser completado online, sem a necessidade de pegar filhas ou esperar horas até ser atendido. Veja como:

  1. Acesse o site do Meu INSS pelo link: https://meu.inss.gov.br/#/login;
  2. Selecione “Novo Requerimento”;
  3. Clique em “Extrato” e depois em “Extrato Previdenciário (CNIS)”;
  4. Informe todos os dados solicitados;
  5. Você será redirecionado para o documento com todos os detalhes de seu extrato previdenciário CNIS.

Extrato Previdenciário CNIS pelos bancos

Escolha um banco de sua preferência, podendo ser: Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal, acesse o respectivo site da agência em questão e prossiga com os seguintes passos:

  1. Faça login no portal e procure nos campos referentes aos serviços do cidadão;
  2. Busque por Extrato Previdenciário;
  3. Informe todos os dados e documentos solicitados;
  4. Acesse a página onde consta o documento, consulte e verifique todos os dados de suas contribuições;
  5. Se desejar, basta cessar o processo imprimindo o Extrato Previdenciário CNIS.

Extrato Previdenciário CNIS através do aplicativo Meu INSS

Este tem sido o método preferido dos segurados pela praticidade com que as informações são fornecidas. Explore os passos:

  1. Baixe o aplicativo Meu INSS (compatível com os sistemas operacionais Android ou iOS);
  2. Instale, abra e faça login no portal com seu CPF e senha;
  3. Clique em “Extrato de Contribuições (CNIS)”;
  4. Informe todos os dados solicitados;
  5. Acesse o extrato previdenciário do CNIS;
  6. Por fim, haverá a possibilidade de efetuar um download do documento em PDF para que você imprima e tenha em mãos sempre que for preciso.

Tome nota: o Call Center do INSS também servirá para que você tire qualquer dúvida que possa surgir durante o processo de emissão do Extrato Previdenciário CNIS. A ligação para o número 135 é gratuita e você poderá fazê-la de qualquer telefone fixo ou móvel durante o período de atendimento do sistema que é de segunda até sábado das 07h00 até 22h00.

Senha do CNIS

É válido frisar que o sistema do INSS passou por mudanças recentes, o que fez com que o atual portal do Meu INSS contasse com a mesma senha e usuário, independentemente da plataforma que você desejar acessar.

Cadastro Senha do CNIS

Cadastro Senha do CNIS

Como foi dito anteriormente, a senha do CNIS é de suma relevância, porém algumas pessoas podem encontrar dificuldades no momento de oficializá-la. Se você se identificou, basta seguir todos os passos que relacionamos a seguir:

  1. Vá até o site do INSS através do link: https://www.gov.br/inss/pt-br;
  2. Clique em entrar no canto superior direito da página inicial;
  3. Posteriormente, cite os dígitos de seu CPF;
  4. Adentre ao portal e preencha o formulário de cadastramento com todos os dados solicitados;
  5. Confira se não há nenhum erro ou informação desatualizada;
  6. Este será o momento de cadastrar uma senha que seja facilmente lembrada e segura, é claro;
  7. Para confirmar a senha, faça uma ligação para o número 135 e realize o procedimento de validação da mesma, ou retorne para o menu principal do Meu INSS (site ou app) e efetue um login;
  8. Pronto, você terá sua senha pronta para acessar tanto o CNIS quanto qualquer outro documento e benefício sempre que for necessário!

Como consultar extrato CNIS pelo PIS

Infelizmente a plataforma do “Meu INSS” ainda não oferta uma possibilidade do segurado consultar o extrato do CNIS pelo PIS/PASEP (Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público), portanto, você precisará escolher um dos meios citado acima para tal.

Além do mais, a grande novidade é que o extrato do INSS já pode ser verificado pelo segurado através de seu CPF, no site do Dataprev. Descubra com o passo a passo de logo mais:

Como fazer a consulta do CNIS pelo CPF no site do Dataprev:

  • Acesse o site do Dataprev pelo link: https://www.dataprev.gov.br/;
  • Informe os dígitos de seu CPF;
  • Adentre ao portal e selecione o item “inscrição”, seguindo do campo “filiado”;
  • Informe todos os dados exigidos pelo sistema no formulário de cadastro;
  • Faça o procedimento de segurança do site;
  • Acesse todas as informações referentes ao seu extrato previdenciário CNIS.

Como fazer a prova do CNIS?

Em síntese, muitas dúvidas são geradas acerca do extrato previdenciário, mas a verdade é que o mesmo não precisará ser declarado quando dispor de informações assertivas, ou seja, devidamente atualizadas dentro do prazo solicitado.

Isso faz com que o usuário possa ter mais praticidade no momento de consultar ou declarar suas contribuições. Lembre-se, portanto, de consultar anualmente seus dados para evitar qualquer problema futuro.

Já quando você comprovar que houve algum dado errôneo em seu documento de extrato previdenciário CNIS, será obrigatório recorrer a ações cabíveis. E aproveite para conferir também como Calcular o FGTS pela internet.

Como prosseguir quando os dados estiverem errôneos no extrato do CNIS:

Em geral, há alguns erros comuns relacionados ao extrato do CNIS, então fique de olho nos seguintes aspecto:

  • Processos trabalhistas faltando;
  • Datas erradas;
  • Períodos de registros e pagamentos com lacunas;
  • Salários ou demais valores que não condizem com a realidade.

Descobriu algum dado errôneo? Siga com a correção escolhendo entre a solicitação dos dados perante o INSS através de simples passos:

  1. Acesse o site ou aplicativo meu INSS;
  2. Faça o login para entrar com seu CPF e senha;
  3. Dentro do portal selecione o campo “Atualização”;
5/5 - (1 vote)
Categorias: INSS

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.