Precisa agendar uma perícia no INSS em 2022? Então saiba que você chegou ao lugar certo, pois iremos te explicar tudo o que você precisa saber antes de realizar essa solicitação de maneira assertiva.

A perícia é algo bastante comum no Instituto Nacional do Seguro Social, já que ela é obrigatória na obtenção de vários benefícios previdenciários. Essa consulta também é utilizada no processo de concessão ou suspensão de pagamentos do INSS.

Diante destas informações, compreenda neste artigo quais são os tipos de perícia, como funciona, como agendar, como consultar o resultado da perícia e muito mais!

Agendar Perícia INSS

Agendar Perícia INSS

Agendar Perícia INSS

Foi-se o tempo em que agendar uma perícia no INSS era um pesadelo para os trabalhadores brasileiros. Isso porque o Instituto Nacional do Seguro Social está se dedicando para tornar-se cada vez mais acessível e automatizada.

Hoje em dia o processo já pode ser feito online pelo site e aplicativo do Meu INSS ou ainda por meio de um simples ligação para a central de atendimento. Com isso, opções não faltam tanto para você agendar sua perícia quanto para consultar o status do andamento e o resultado.

Este procedimento médico é de suma importância para a avaliação do estado de saúde do beneficiário do auxílio doença e auxílio acidente, como também para a aposentadoria por invalidez e outros benefícios previdenciários de mesma natureza.

Como funciona a Perícia INSS

O intuito central da perícia do INSS é atestar uma enfermidade, patologia ou demais motivos que causem a incapacidade do indivíduo retornar ao trabalho, lembrando que até o décimo quinto dia de afastamento é a empresa que possui a responsabilidade de arcar com o pagamento do funcionário.

A partir deste prazo o mesmo deve entrar com um pedido no INSS, porém a perícia é a responsável por conceder, negar ou manter o pagamento do benefício.

Desta forma, fica bem claro que não são todos os trabalhadores que possuem acesso aos benefícios do INSS, até porque a análise prévia sempre ocorrerá por parte de médicos licenciados pela previdência.

Por outro lado, sempre que seu benefício for interrompido ou negado pelo INSS, haverá a possibilidade de recurso, porém atente-se para ter a certeza de que o ocorrido realmente foi um erro por parte da perícia e evite perder seu tempo, até porque o processo é longo.

Tipos de Perícia

Atualmente existem três tipos primários de perícia agrupadas através de suas singularidades: perícia hospitalar, perícia domiciliar e perícia em outra localidade. Entenda cada um dos casos:

Perícia hospitalar

Ocorre quando o responsável pelo solicitante vai pessoalmente até uma agência do INSS para realizar o pedido pela incapacidade do primeiro com até dois dias de antecedência à consulta.

Perícia Domiciliar

Assim como no caso acima, o responsável pelo solicitante deve ir até com dois dias de antecedência da data marcada até uma agência do INSS para comprovar a incapacidade de o beneficiário ir pessoalmente até o local da consulta, solicitando assim uma perícia domiciliar.

Perícia em outra localidade

Nesta conjectura, a perícia deverá ser requisitada sempre que houver a necessidade de deslocamento para outro município ou região para um tratamento médico especializado.  O prazo para o deslocamento é de exatos 3 meses e o que passar desta data demandará uma transferência integral de localidade.

Como Agendar Perícia INSS pela Internet

O agendamento da perícia do INSS deve ocorrer sempre que necessário e a forma mais fácil de realizar tal processo é pela internet. Saiba como:

Acesse o site Meu INSS: https://meu.inss.gov.br/#/login;

  1. Complete o login de acesse com seu número de usuário e senha;
  2. Não tem senha? Então selecione “Cadastrar Senha”, informe seu dados pessoais e faça a validação por e-mail ou via mensagem de texto em seu smartphone;
  3. Ademais, realize o procedimento de segurança da plataforma;
  4. Logo na primeira página, clique no campo “Agendamentos/Solicitações”;
  5. Ainda na tela de serviços, escolha a opção “Novo requerimento”;
  6. Selecione a opção referente a categoria da sua perícia e clique em “Avançar”;
  7. Escolha o endereço da agência do INSS mais próxima de sua residência;
  8. Você será redirecionado para uma página com um calendário com datas abertas;
  9. Escolha o dia e horário mais adequados para comparecer ao local e confirme o agendamento;
  10. Por fim, baixe o formulário se solicitação, imprima e guarde como comprovante.

Como Agendar Perícia INSS pelo Telefone

Se você não está disposto a gastar o tempo necessário para se cadastrar pelo portal na internet, vale ressaltar que o INSS também aceita o agendamento da perícia através de uma ligação telefônica. Veja só:

  1. Ligue para o número 135;
  2. Faça o procedimento da gravação eletrônica;
  3. Assinale a opção referente ao “falar com o atendente”;
  4. Aguarde ser atendido e informe a necessidade de agendar uma perícia no INSS;
  5. Informe seus dados pessoais e o seu CEP;
  6. A partir desta informação o atendente irá verificar qual é o posto de atendimento do INSS mais próximo da sua casa;
  7. Escolha uma data e horário para ser atendido;
  8. Finalize a ligação e receba o comprovante da solicitação em seu e-mail (lembre-se de informar um endereço eletrônico que você possui a senha);
  9. Complete o processo comparecendo conforme a data agendada para realizar a perícia do INSS.

Tome nota: A ligação é gratuita caso seja feita de qualquer local do país. Por outro lado, se você estiver no exterior, haverá custos adicionais dependendo da origem. Atente-se ainda para o horário ativo de atendimento que é de segunda até sexta-feira das 07:00 h até 22:00 h.

Como Agendar Perícia INSS Presencialmente

Por conta da pandemia de covid-19 e do alto fluxo de movimento nos postos de atendimento do INSS, indica-se que a solicitação da perícia ocorra de maneira remota.

Todavia, as pessoas que não possuem acesso à internet ou telefone poderão ir presencialmente até um posto de atendimento para realizar o atendimento. Entenda com três passos básicos:

  1. Procure pelo endereço do posto de autoatendimento do INSS mais próximo de sua residência;
  2. Peça para ser direcionado para o atendimento presencial e marque um atendimento em um outro dia no melhor horário disponível;
  3. Compareça na data marca munido de todos os documentos obrigatórios para realizar a perícia no endereço indicado pelo INSS.

Importante: por mais que você vá marcar no local da consulta, a perícia nunca ocorrerá no mesmo dia do agendamento até porque há uma ordem de atendimento que precisa ser respeitada. Aliás, procure chegar com 5 minutos de antecedência no dia da perícia para evitar        qualquer problema desnecessário.

Consulta Resultado Perícia INSS

Para consultar o resultado da perícia do INSS, você pode escolher entre o site do Dataprev e a própria plataforma do INSS.

  1. Acesse o site https://www.gov.br/inss/pt-br;
  2. Clique em entrar no canto superior direito da página;
  3. Faça um login com os dados cadastrados previamente conforme ensinamos anteriormente;
  4. Preencha o formulário com o número do benefício e o requerimento;
  5. Os dados também precisam ser atualizados, se houver alguma mudança significativa em seu cadastro;
  6. Insira a sua data de nascimento, CPF e nome completo do solicitante;
  7. Selecione “Detalhar” para consultar todas as informações e, se necessário, faça o download clicando em “Imprimir”.

Se preferir, acesse o aplicativo Meu INSS seguindo os mesmos passos descritos acima e confira o status de sua solicitação.

Status Perícia INSS

Depois de agendar e realizar a sua perícia do INSS, será o momento de aguardar o resultado. Esse passo pode demorar um tempo diferente para cada situação, porém sempre que você acessar o portal do INSS (site ou app), será preciso analisar como está o status do seu benefício.

Atualmente o sistema do INSS informa o andamento e o resultado da perícia através de 5 status, são eles:

  • Pré habilitado: significa que seu pedido acabou de ser registrado pelo sistema e que será direcionado para o seguimento pertinente;
  • Habilitado: refere-se às solicitações computadas e aceitas pelo portal do INSS, porém ainda estão em análise de concessão através dos dados cadastrais e da perícia realizada previamente;
  • Deferido: esse é o status que todos brasileiro deseja ver no sistema do INSS, porque significa que seu pedido foi concedido, ou seja, aceito. Logo, você poderá acessar os pagamentos do benefício no valor definido até que uma nova perícia seja marcada;
  • Indeferido: aqui, infelizmente a solicitação foi negada, porém caberá recurso sempre que você discordar da decisão final. No entanto, será obrigatório entrar com uma ação junto a um advogado especializado em causas previdenciárias;
  • Indeferido em partes: neste caso, quer dizer que a decisão que seu benefício foi aceito em partes, porém será necessário uma nova avaliação ou a alteração de algum dado para que você sejam integralmente contemplado.

Documentos Necessários para Agendar Perícia INSS

Depois de todas essas informações, precisamos destacar os documentos necessários para o agendamento da perícia do INSS em todas as modalidades. São eles:

  • Documento de identificação original com foto;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Certidão de nascimento;
  • Número do PIS/PASEP ou NIT;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Título de eleitor.

Obs.: Em alguns casos específicos podem ser exigidos outros documentos, então fique atento ao regulamento do benefício em questão no site oficial do INSS ou pelo app Meu INSS.

5/5 - (1 vote)
Categorias: INSS

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.